Nômade digital: Cidades perfeitas para trabalho remoto no mundo

Você sabe quais são as cidades mais preparadas para o trabalho remoto no mundo? Ao abrir o seu Google Maps, qualquer um que sonha em ser um nômade digital vai se deparar com inúmeras opções. No entanto, definir o lugar ideal para ficar e trabalhar é como escolher um sofá novo: existem inúmeras variedades e cada um sabe o que é realmente importante para si.

É uma decisão bem pessoal que depende primeiro da sua personalidade e do que você busca em uma cidade… Um paraíso à beira-mar? Uma pequena cidade jovem, dinâmica e cheia de recursos? Ou quem sabe uma capital super conectada?

Por aqui, separamos locais que se adaptam perfeitamente ao melhor que o trabalho remoto pode te oferecer, permitindo que você desfrute o melhor da vida. Indo da América do Sul até a Ásia, todas essas cidades têm em comum o fato de serem pequenos paraísos para os nômades digitais.

Ubud – Indonésia

Ubud é um verdadeiro paraíso na Terra. Localizada ao centro da ilha de Bali entre florestas e campos de arroz, Ubud é a “capital cultural” da Indonésia. E para os nômades digitais, Ubud é acima de tudo sinônimo de preços (extremamente) baixos, comidas deliciosas, uma variedade de cafés, restaurantes e bares com uma estrutura ideal para o trabalho remoto. Você pode ter uma experiência incrível a preços razoáveis (menos de 50 reais por noite), em bangalôs individuais incrivelmente confortáveis.

Montreal – Canadá

Uma das conexões com maior velocidade de internet sem dúvida é a dos Estados Unidos. No entanto, morar em uma cidade estadunidense pode ser complexo para os nômades digitais, devido aos vistos e custo de vida.

Essa é uma das razões pelas quais Montreal oferece um refúgio perfeito para todos aqueles que são atraídos pelo American way of life. Com uma qualidade de vida acessível, infraestruturas de qualidade, vários espaços dedicados ao trabalho remoto, e uma infinidade de locais para se divertir.

Lisboa – Portugal

Gosta da ideia de viver em uma grande capital europeia ensolarada e barata? Então Lisboa pode ser o seu destino ideal. Nos últimos tempos, a capital de Portugal tem se tornado o destino da moda entre os nômades digitais, até sendo apelidada de “a nova Berlim”.

Com um custo de vida bastante acessível, há uma grande comunidade de profissionais digitais, e tendo seus pontos altos uma excelente Wi-Fi, assim como o clima e a gastronomia, são excelentes.

Berlim – Alemanha

No coração da Europa, Berlim oferece uma qualidade de vida impecável. Com uma atmosfera multicultural e o ritmo de vida mais suave do que em outras grandes capitais mundiais. Berlim gosta de criar momentos de qualidade e seus muitos parques e lagos são perfeitos para programas ao ar livre. Nos últimos anos, a capital alemã tornou-se o principal local para trabalhadores remotos na Europa.

Portanto, existem muitos cafés e outros espaços de coworking populares entre desenvolvedores, designers gráficos e freelancers. O custo de vida também é mais baixo do que em Paris ou Londres (por exemplo), o que a torna atraente para os jovens, que contribuem para tornar Berlim muito mais animada do que outras metrópoles europeias.

Medellín – Colômbia

A América Latina costuma ser rejeitada pelos nômades digitais que costumam preferir a Ásia. No entanto, Medellín é uma exceção. Apesar de não ter a internet mais confiável do mundo; no entanto, é um excelente ponto de partida para descobrir a América do Sul, especialmente porque a cidade é muito acolhedora para freelancers e profissionais digitais.

Seus maiores trunfos: a lendária gentileza e afabilidade dos habitantes de Medellín, o custo de vida bastante razoável e a experiência talvez mais autêntica do que em outros lugares. De todos os lugares desta lista, é provavelmente a cidade onde será mais fácil fazer amigos, desde que você tenha se dado ao trabalho de aprender espanhol!

Planeje sua próxima viagem!

Aprenda na KNN o idioma da sua próxima aventura

Agendar sua aula grátis