Pessoas fechando negócios

Como aprender um novo idioma pode te deixar mais rico!

Conhecimento e conexões ou números e cifrões? Se o que você deseja são resultados palpáveis e tangíveis, aprender um novo idioma também pode te trazer recompensas mensuráveis -inclusive, financeiras!

Certamente, aprender uma língua estrangeira pode ter um impacto positivo em sua saúde mental, atividades cerebrais, experiências de viagem e conhecimentos culturais. Nenhuma dessas coisas você pode quantificar completamente, mesmo se você tivesse em mãos uma planilha atualizada constantemente de novos amigos que você faz em suas viagens, por conta do seu alto poder de comunicação.

Entretanto, não é exatamente disso que gostaríamos de tratar aqui. Se você chegou até esse conteúdo para falar sobre dinheiro, então temos um argumento bom o suficiente para te mostrar e que com certeza fará você se matricular em um curso de idiomas rapidamente.

Então, a pergunta que não quer calar é: será possível ganhar dinheiro extra aprendendo novos idiomas? A RESPOSTA É SIM.  Vamos te mostrar nesta publicação de forma detalhada quais podem ser os benefícios financeiros de aprender uma língua estrangeira.

Confira!

● Aumente seus ganhos

Não é errado dizer que aprender um novo idioma é algo que enriquece seu currículo, facilitando desta maneira a entrada em um ambiente profissional mais concorrido. Entretanto, não é porque um emprego paga bem que você necessariamente vai querer trabalhar nele.

Ensinar português no exterior pode até te render alguns trocados, mas isso provavelmente não vai fazer você juntar uma boa grana. O jornal The Economist, inclusive, já tentou mensurar quanto pode ganhar um professor de idiomas no exterior. De acordo com a publicação inglesa, um professor de idiomas pode ganhar entre US$60 a 120 mil ao longo de sua vida – isso se trabalhar razoavelmente bem!

A questão relacionada ao plano de carreira dos profissionais que são colaboradores de empresas também acaba sendo mais vantajosa com a fluência em um segundo idioma. O CEO da KNN Idiomas Brasil, Reginaldo Boeira, afirma que aprender uma outra língua pode aumentar seu salário em até 10 a 15%.

Você sabia que a falta de fluência em um segundo idioma também pode afetar a economia de um país?  A deficiência de língua estrangeira dos Estados Unidos também faz o país faturar menos. De acordo com o Comitê de Desenvolvimento Econômico dos EUA (CED), as empresas americanas perdem mais de US$ 2 bilhões a cada ano devido a mal-entendidos linguísticos e/ou culturais.

● Vencendo a competição

Às vezes, o retorno financeiro não é necessariamente tão visível quanto um aumento salarial, por exemplo. A mágica pode acontecer durante a própria busca de emprego, especialmente se você estiver enfrentando muitos outros candidatos qualificados com habilidades de fácil conversação em outros idiomas.

A maioria da população no Brasil fala português, ou seja: se você tiver na ponta da língua outros idiomas, a vantagem acaba sendo toda sua!

Não há muitas pessoas aqui que falam um segundo idioma bem o suficiente para ocupar a maioria das vagas, então a procura por profissionais será logicamente maior no contexto desse cenário limitado.

O mercado profissional dos EUA, por exemplo, sofre com a falta de candidatos bilíngues qualificados relevantes para suas áreas que envolvem diplomacia e inteligência estrangeira.

Apenas 74% dos “cargos designados por idioma” do Departamento de Estado foram preenchidos por profissionais totalmente qualificados no ano 2012. Inclusive, nos EUA, até quem presta serviço militar ganha até 1 mil dólares extras por esse tipo de conhecimento.

O valor da sua habilidade com uma língua estrangeira também dependerá muito de onde você está. Poucas pessoas se preocupam em aprender papiamento, por exemplo, pois existem apenas alguns milhares de falantes dessa língua no mundo.

● Melhora o autocontrole

De acordo com uma pesquisa publicada na American Economic Review em 2013, o idioma que você fala pode prever sua capacidade de planejar o futuro e tomar decisões inteligentes.

O autor do estudo, Keith Chen, afirma que idiomas com um forte tempo futuro (como o inglês) podem predispor os falantes a viver muito no momento presente, o que pode torná-lo menos suscetíveis a economizar dinheiro e cumprir as suas metas de Ano Novo.

Isso quer dizer que, muitas das vezes, quando seu idioma não tem um tempo futuro forte, ele não distingue claramente entre “hoje” e “amanhã”, e assim o presente e o futuro se tornam igualmente importantes em sua mente.

Idiomas com um tempo futuro forte, como francês, conjugam verbos de maneira diferente, dependendo se estão se referindo ao presente ou ao futuro. Mas idiomas como mandarim e finlandês, usam o mesmo tempo verbal em ambos os cenários.

Se essas descobertas são verdadeiras ou não, o cérebro bilíngue desfruta de uma melhor função cognitiva e, especificamente, de concentração aprimorada e controle inibitório.

Isso significa que conhecer outro idioma – independentemente do que seja – provavelmente vai te tornar melhor na elaboração de um orçamento eficaz e vai evitar compras por puro impulso.

Além disso, as línguas estrangeiras permitem que você acesse uma parte mais racional do seu cérebro, o que reduz os preconceitos de tomada de decisão. Um estudo da Universidade de Chicago apontou essa como a razão pela qual o conhecimento de uma língua estrangeira parece levar a melhores decisões financeiras.

● Férias prolongadas

Não é preciso muita imaginação para perceber todas as maneiras pelas quais o conhecimento do idioma local pode economizar dinheiro em suas viagens.

Restaurantes que atendem a turistas que falam apenas uma língua geralmente são suscetíveis a enganar e cobrar valores “especiais”, por isso se você planeja comprar qualquer coisa enquanto estiver lá, terá uma vantagem se puder pechinchar com sucesso, comparar suas escolhas, recuar em relação a um preço que parece excessivo, ou até mesmo fazer as perguntas certas.

No entanto, a maior economia provavelmente virá de custos de transporte que vão ser bastante reduzidos. As passagens aéreas, de ônibus e de trem às vezes são visivelmente mais baratas na versão em idioma local dos sites das empresas.

E quando você estiver relativamente confortável com o idioma, você se sentirá mais à vontade para encontrar o caminho pelo sistema de ônibus ou metrô local (em vez de pegar Uber em todos os lugares).

Às vezes, pesquisar no Google voos, passeios e acomodações no idioma local também pode levar você a descontos que você nunca encontraria em inglês. Isso não acontece necessariamente porque as indústrias de turismo em outros países estão tentando sobrecarregar os gringos de propósito (embora isso possa realmente acontecer).

Alguns sites simplesmente não aparecem no início de seus resultados de pesquisa se você estiver pesquisando no Google em inglês. É tudo uma questão de algoritmo!

Gostou dessas dicas?

 

Agendar sua aula grátis