KNN BLOG
Veja 6 dicas de estudo infalíveis para passar no TOEFL

Veja 6 dicas de estudo infalíveis para passar no TOEFL

Education | 17/02/2020

Você já ouviu falar do TOEFL (Test of English as a Foreign Language)? Esse exame de proficiência da língua inglesa é usado para avaliar nível de inglês do candidato. Geralmente é procurado por pessoas que querem fazer intercâmbio, entrar em uma universidade estrangeira ou por quem está finalizando o curso de inglês e deseja testar o nível de conhecimento alcançado.

O TOEFL pode ser aplicado em pessoas de todas as idades, tendo uma prova específica para cada faixa etária. O exame mais comum consiste em uma prova de 4 horas com um total de 120 pontos que são divididos em 4 categorias ― fala, escrita, leitura e audição. Por conta disso, essa avaliação é considerada difícil e é recomendado que se estude muito antes de fazê-la.

Pensando nisso, criamos esse post com 6 dicas de estudo infalíveis para passar no TOEFL. Confira.

1. Mantenha um plano de estudos

O primeiro passo para começar a estudar para o TOEFL é criar um plano de estudos, e para isso, o ideal é montar um esquema com horas e o que será estudado. Para isso, o ideal é ter um diário onde seja possível anotar o que está se estudando a cada dia e o que precisa ser analisado com mais atenção.

Outra dica é dividir os dias e o tempo de acordo com as 4 partes do exame e caso sinta necessidade separar um período extra para o que tem mais dificuldade.

2. Busque conhecer a estrutura do exame

O exame TOEFL tem uma estrutura bem específica, por isso, é importante conhecer como ela funciona e o que será necessário no momento da prova. Em primeiro lugar a avaliação tem o tempo total de 4 horas com pausa de 10 minutos, então o praticante deve estar cientes que esse é um teste longo.

O exame é dividido em 4 partes, cada uma específica para cada tipo de habilidade solicitado, são elas:

  • leitura: nesse momento o exame avalia capacidade de leitura e compreensão da língua, além da habilidade de interpretação de texto;
  • escrita: é aqui que a gramática é mais requisitada, geralmente, são solicitados que se escreva dois textos com o tema indicado;
  • fala: na parte da fala é analisado se o avaliado consegue se fazer entender ao falar a outra língua, além da pronúncia e a sua capacidade de formular frases;
  • audição: é nesse momento que muitas pessoas sentem mais dificuldade, pois é necessário entender o que está se falando, além de saber interpretar.

Procure analisar também o número de questões e o que costuma ser abordado. O tema muda constantemente, mas o estilo do exame é bem similar na maioria das vezes.

3. Estude a parte gramatical

Um dos pontos mais importantes da prova TOEFL é a parte gramatical, especialmente para a redação. Sendo assim, durante seus estudos separe um tempo só para isso. Preste atenção nas expressões mais usadas e nas palavras que você conhece bem, assim é possível criar frases e textos sem precisar decorar toda a gramática.

Escreva textos e redações em casa e vá pesquisando novos termos que se encaixem nos que já conhece. O importante é demonstrar que consegue montar frases com o que sabe e não necessariamente ter um arsenal de gramática pronto. Por isso, pegue o que já sabe e vá construindo gradualmente, quando perceber já terá um conhecimento gramatical gigantesco.

4. Aplique a língua no seu dia a dia

Uma das melhores maneiras de aprender outra língua é praticando, por isso, ao estudar para o TOEFL é importante que o inglês faça parte do seu dia a dia. Comece com coisas básicas como assistir a um filme ou série com áudio e legendas originais, mudar o idioma das suas redes sociais e vá aumentando a partir disso.

Cozinhar receitas, ler livros e revistas e ouvir músicas, programas e podcasts em inglês pode ajudar com a compreensão e a entender melhor as pronúncias. Não se esqueça de repetir frases e falar em voz alta para que cada termo fique gravado e, assim, seja mais fácil lembrar e colocar em prática quando necessário.

5. Conheça seus pontos fracos

Como mencionado acima, a estrutura do exame TOEFL é dividida em 4 partes, ouvir, falar, ler e escrever. E é comum ter mais facilidade ou dificuldade em algum desses elementos, por isso, é importante conhecer e admitir seus pontos fracos. Assim, você pode focar mais exclusivamente nessa parte e separar um tempo de estudo só para aquele segmento.

Existem diversas técnicas de estudo e aprendizado diferentes que podem ser aplicados para cada parte do exame. Sendo assim, ao descobrir qual é o seu ponto fraco, comece a montar um horário de estudo só para ele adicionando diferentes métodos.

Eles podem ser assistir filmes e séries com áudio e legenda original, ler jornais e livros em outro idioma, repetir textos em voz alta ou montar diversas redações com temas variados.

6. Mantenha o foco

É de senso comum que muitas vezes sentar e estudar pode ser um processo chato e cansativo. Mas, para garantir uma boa nota no TOEFL é necessário manter o foco. Por isso, sempre que for estudar separe um tempo e monte um espaço onde você possa ficar sozinho e concentrar no que está fazendo.

Para evitar interrupções no meio do estudo, separe alguns minutos ao longo do tempo para se alongar, ir ao banheiro e comer alguma coisa. Assim, não corre o risco de perder a concentração pensando nessas coisas. Não se esqueça também de evitar celular, televisão e internet no espaço de tempo separado para o estudo.

Outra dica legal é fazer provas antigas e simulados do exame. Apesar de os temas serem diferentes, o padrão de questões e estilo é muito similar, fazendo com que você consiga ter uma boa noção de como funciona. Além disso, é uma boa para treinar o tempo de avaliação e conseguir responder tudo dentro do prazo.

Apesar de o exame TOEFL ser difícil, não é impossível, e para que consiga uma boa média é preciso estudar bastante. Mas, como foi possível perceber com algumas dicas, dedicação, foco e organização, as horas de estudo podem passar voando e te aproximar cada vez mais de conseguir uma boa nota e ser aprovado na prova.

E aí, o que achou das nossas 6 dicas de estudo infalíveis para passar no TOEFL? Pretende colocá-las em prática? Aproveite e descubra como escolher o curso de inglês ideal para você.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter