KNN BLOG
Saiba quais são as 13 expressões em inglês mais usadas no dia a dia

Saiba quais são as 13 expressões em inglês mais usadas no dia a dia

Curiosities | 22/01/2020

Provavelmente você já ouviu alguém dizer que “Deus ajuda quem cedo madruga” ou que “Quem não chora, não mama.” Já pensou em traduzir essas expressões para outros idiomas? Pois bem, se você o fizer ao “pé da letra” e falar para um nativo, ele provavelmente não vai entender nada. Assim como em português, existem algumas expressões em inglês mais usadas.

Elas são chamadas de expressões idiomáticas e, normalmente, só fazem sentido na língua de origem mesmo. Por envolverem também elementos culturais, não adianta traduzi-las. Se quiser falar como um nativo, a cada idioma que você aprende, será necessário pesquisar e conhecer as principais expressões usadas no dia a dia.

Para ajudá-lo com o inglês, listamos aqui algumas das mais usadas no idioma. Acompanhe!

"Once in a blue moon"

Se você traduzir para “uma vez na lua azul”, provavelmente a expressão não fará nenhum sentido. Entretanto, "blue moon" é um fenômeno conhecido pelos americanos, que se refere à lua mesmo, e acontece a cada dois anos. Assim, eles utilizam "once in a blue moon" para se referir a algo que acontece de vez em quando, raramente. Em português, provavelmente usaríamos: “uma vez na vida, outra na morte.”

"I hear you"

Dependendo do contexto em que é usada, essa expressão não pode ser interpretada como simplesmente “estou te ouvindo”. Ela é usada como uma forma de dizer “saquei”, “sei como é”, “pois é”. Aliás, no lugar dela, em português, poderíamos usar qualquer uma dessas. Quer um exemplo: “I wish I could change my life” “I hear you. Me too.”. “Eu queria mudar de vida” “Sei como é, eu também”.

"Tell somebody off"

Quando você diz que alguém "told you off" (told = passado de tell), você quer dizer que a pessoa te “deu uma bronca”, “fez um sermão”, “falou um monte”. Quer um exemplo: “My boss told me off because I forgot to call a costumer”. “Meu chefe falou um monte porque me esqueci de ligar para um cliente”.

"Piece of cake"

Não, a expressão não se refere a um simples pedaço de bolo, dependendo do contexto no qual é usada. Em uma doceria, ela provavelmente teria sentido literal. Mas, em outras situações do dia a dia, "piece of cake", pode ser entendido como algo muito fácil, “moleza”, como diríamos em português. Exemplo: “This exercise is a piece of cake” “Esse exercício é muito fácil.”

"Hold on"

Se você tentar traduzir parte a parte, pode ser que pense que quem usa expressão está se referindo a segurar alguma coisa. (hold = segurar). Porém, quando acompanhado da partícula "on", o verbo toma um sentido diferente. "Hold on" significa "espere um pouco". Costuma ser muito usada ao telefone, quando uma das pessoas precisa sair da linha por um momento. Aliás, “um momento” seria o equivalente mais próximo em português. Agora, se a conversa for muito informal, nós, brasileiros, normalmente mandaríamos um "peraí".

"It's raining cats and dogs"

Não, não pense que em países nativos do inglês chovem literalmente “gatos e cachorros”. Isso não acontece da mesma forma, que não chovem “canivetes” por aqui. Quando alguém diz que "it's raining dogs and cats", ele simplesmente quer dizer que a chuva está muito forte. Nós costumamos dizer que: “está chovendo canivetes”.

“Fat chance”

“Uma chance gorda?”. Não, a “fat chance” nada tem a ver com sobrepeso. Essa expressão é usada para referir-se a uma chance mínima, algo que dificilmente vai acontecer. Quer um exemplo: “He thinks he will be the president of the company. Fat chance”. “Ele pensa que será o presidente da empresa. As chances são mínimas.”

“My bad”

Nesse caso, o significado se aproxima do literal, já que, em português, poderíamos substituir a expressão tranquilamente por um “foi mal”. Trata-se de uma maneira informal de pedir desculpas, quando você percebe que fez algo que não foi legal. Quer um exemplo: “You broke my favorite glass” "My bad". "Você quebrou meu copo favorito" "Foi mal".

“Under the water”

Você deve estar pensando: como será que, quem diz isso consegue falar, já que está “debaixo d'água”. Entretanto, a expressão não tem sentido literal, e poderia ser substituída em português por “na fossa” ou "no fundo do poço". "To be under the water" simplesmente quer dizer que a pessoa está muito triste. Faz sentido agora?

“On cloud nine”

Ao contrário da expressão anterior “to be on cloud nine”, significa “estar muito feliz”, “estar dando pulos de alegria”. Trata-se apenas de mais uma expressão idiomática do inglês, que nada tem a ver com as nuvens. Aliás, até faz sentido dissermos que “estamos nas nuvens” quando algo bom acontece, mas, no nosso caso, elas não têm número.

“What's up?”

Não se empolgue se uma bela americana chegar em você e disser: "Hi. What's up?". Não caia na tentação de ir logo passando seu telefone, porque a expressão "What's up?", na verdade, quer dizer "E aí?". Trata-se de uma maneira bastante informal de cumprimentar e perguntar se está tudo bem. Ou seja, pode ser que ela esteja apenas sendo simpática, sem xavecos.

“The early bird catches the worm”

Lembra quando, no início desse texto, dissemos que “Deus ajuda quem cedo madruga” é uma expressão exclusiva do português? Pois bem, embora ela não possa ser passada para o inglês literalmente, há um equivalente para ela. Se fôssemos traduzir “The early bird catches the worm”, chegaríamos a algo do tipo “O pássaro que acorda cedo, pega a minhoca”. Ou seja, se pararmos para pensar, a ideia é a mesma.

“Mind the gap”

Essa expressão ficou famosa no mundo todo após ser introduzida ao metrô de Londres, em 1969. Ela pode ser traduzida como “Cuidado com o vão” e é tão emblemática que existem até camisetas a venda com a frase e o símbolo do metrô londrino. Hoje em dia, existem muitas estações de metrô pelo mundo que a utilizam.

Gostou da nossa lista de expressões em inglês mais usadas? Saber comunicar-se em um idioma é mais que conhecer a gramática ou o vocabulário formal. Usar corretamente as expressões idiomáticas dá mais naturalidade ao seu discurso.

Se você deseja descobrir mais sobre as particularidades da língua inglesa, não deixe de ler também o nosso artigo sobre a diferença entre warm, hot and heat.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter