Carregando...

Carregando...

A Páscoa pelo mundo

Cheio de diversidade, a Páscoa é uma data tão tradicional e plural que permite que as pessoas comemorem o feriado a sua maneira, o coelhinho é referência absoluta no Brasil, mas em vários lugares do mundo a conversa é outra, na Austrália quem faz a alegria da criançada é o Bilby, na Suécia é quase um dia das bruxas fora de época e na França o verdadeiro símbolo do feriado são sinos.

Repleto de curiosidades e tradições únicas, esse dia tão especial merece um tour completo com a KNN para te apresentar o quão diferentes e mágicas são as formas que as pessoas comemoram pelo mundo. Confira:

Suécia

Um Halloween com ares de leveza é uma boa definição da dinâmica que acontece na Páscoa sueca. As ruas ficam repletas de crianças fantasiadas de bruxas que visitam seus vizinhos deixando cartões decorados, pedindo doces ou dinheiro (substituindo o conhecido “doces ou travessuras”).

Guatemala

O jeito de comemorar a Páscoa na Guatemala é na mesma pegada que as celebrações brasileiras de Corpus Christi. Em todo o período da quaresma, longas procissões são feitas em torno dos tapetes coloridos confeccionados pelos fiéis, que andam vestindo trajes típicos, juntamente com incensos e velas.

Nova Zelândia e Austrália

Antes de mais nada é preciso explicar: os coelhos são considerados uma peste na Oceania. Depois de serem levados até lá pelos europeus que adoravam caça-los por esporte, os coelhos tiveram condições únicas para se reproduzirem em larga escala e sem a presença de nenhum predador conhecido, acabaram por se espalhar e causar a superpopulação que existe hoje, e gera problemas gigantes para os agricultores locais.

E para manter o espírito familiar com um bichinho local de protagonista foi definida a criação do Bilby, um marsupial (da mesma família dos cangurus) que corre perigo de extinção. Com isso inúmeras marcas de doces e chocolates criam produtos no formato do pequeno animal e revertem parte dos lucros para um fundo destinado a preservação da espécie, legal né?

Japão

Um país de maioria xintoísta e budista tem um jeitinho único de comemorar a Fukkatsusai (Páscoa em japonês). Com uma variedade de produtos inspirados nas cerejeiras e ovos de diferentes sabores como matcha, mostram um pouco do esforço do povo japonês em adotar essa data tradicionalmente cristã.

Uma ênfase nisso vai para a província de Fukuoka e o seu Meika Hiyoko, com seu bolinho em forma de pintinho recheado com geleia de feijão.

Índia

O deus Krishna é amplamente celebrado pelo povo hindu na Páscoa, nessa época acontece o festival Holi, um movimento cultural gracioso cheio de cantos e danças, comidas especiais e muita amizade. E é claro, o já famoso mundialmente pó colorido.

Explorar o mundo e viver tradições diferentes é emocionante né? E é ainda mais incrível aproveitar tudo isso sem dificuldades de comunicação, e para isso a KNN é o lugar ideal para se desenvolver e estar pronto para aproveitar todas as oportunidades.

Pesquisa