Carregando...

Carregando...

A música francesa no Brasil

Você pode achar que não conhece nada de música francesa além da trilha sonora de Ratatouille, mas estamos aqui para te mostrar o contrário. Com um festival de nostalgia ou de descobertas, nós da KNN te convidamos a mergulhar na trilha sonora do país da terra de Napoleão que fizeram sucesso em terras tupiniquins.

Francês, voz e violão

Non, Je Ne Regrette Rien é um clássico mundialmente reconhecido na voz de Édith Piaf desde os anos sessenta, que foi regravada inúmeras vezes pelos mais diversos artistas. Mas foi no Acústico MTV de 2001 que a composição de Charles Dumont e Michel Vaucaire atingiu o auge do sucesso no Brasil, na voz da icônica Cássia Eller.

Viaje até Paris

O auge do Eurodance dos anos oitenta trouxe várias pérolas musicais para o Brasil, sendo Voyage Voyage uma delas, vinda diretamente da França. Sensação nas mais famosas baladas e discotecas do velho continente, a cantora Desireless dominou as paradas de sucesso em terras brasileiras, fazendo muita gente arranhar aquele sotaque francês para não fazer feio na pista de dança.

Explorando o jazz

Uma das maiores revelações da música cantada em francês da atualidade, Zaz, juntamente com sua canção Je Veux, são um fenômeno que não pode ser ignorado. Com várias passagens e colaborações com artistas brasileiros, a jovem cantora inundou o Brasil e o mundo com seu gypsy jazz cheio de entusiasmo.

Metamorfose francófona

Um legado vivo que não se limita a  ser só um só hit, a composição de Jacques Brel, Ne Me Quitte Pas lançada no final dos anos 50 é uma verdadeira obra prima que passou por várias vozes. No nosso país a canção teve seu auge replicado pela cantora Maysa que remodelou o clássico já na década de 60. Já, nos dias atuais a música tem ganhado força novamente com a versão gravada pela cantora Maria Gadú.

A vida cor de rosa

1947 é um ano histórico para a música francesa, foi nele que foi lançado o clássico supremo La Vie En Rose de Louis Guglielmi e Édith Piaf. Com um sucesso estrondoso e instantâneo no mundo todo (inclusive no Brasil), a canção se tornou um hino que define a alma da “Chanson Française”.

Deu para perceber um pouquinho do quão influente e bonita é a música francesa, né? E para entender todos os sons desse e outros países conte com o francês da KNN!

Pesquisa